Google+ Followers

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Roberta Campos


De Janeiro a Janeiro

Não consigo olhar no fundo dos seus olhos
E enxergar as coisas que me deixam no ar,deixam no ar
As várias fases, estações que me levam com o vento
E o pensamento bem devagar...
Outra vez, eu tive que fugir
Eu tive que correr, pra não me entregar
As loucuras que me levam até você
Me fazem esquecer, que eu não posso chorar
Olhe bem no fundo dos meus olhos
E sinta a emoção que nascerá quando você me olhar
O universo conspira a nosso favor
A conseqüência do destino é o amor, pra sempre vou te amar
Mas talvez, você não entenda
Essa coisa de fazer o mundo acreditar
Que meu amor, não será passageiro
Te amarei de Janeiro á janeiro
Até o mundo acabar








Cantora e compositora folk mineira. Já participou de algumas bandas, com maior destaque na Pop Troti de Sete Lagoas/MG, onde gravou um EP com suas canções que tiveram uma grande aceitação do público. Hoje mora em São Paulo e gravou seu primeiro CD “Para Aquelas Perguntas Tortas”, totalmente autoral: produzido, gravado e lançado por ela, desde as composições à arte da capa. Participa também de alguns projetos musicais em São Paulo, levando assim sua música ao maior número possível de pessoas.

Tentando mudar um pedacinho do mundo que seja, com palavras positivas e, acima de tudo, levando o amor.”

Palavras da própria Roberta.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Saber amar é compartilhar e transformar tudo em beleza e alegrias, então....já fez alguem sorrir hoje? esperando o que,!!!! sorria a vida é bela e pra queles que sabem amar e ser amado a natureza é bela.
grata a todos que por aqui passarem e deixarem um breve recadinho.
beijos ensolarados
Sol.